Médico Urologista: Quais são as suas atribuições principais?

urulogista

O médico urologista é uma das mais importantes da área Médica, embora seja bastante procurada pelos homens, também são direcionados para mulheres e até mesmo crianças. São profissionais que estudam mais de 10 anos para conseguir atender seus pacientes da melhor forma possível.

urologista

Entenda um pouco mais sobre o trabalho desse profissional e sua importância na vida de seus pacientes.

DICA: Tem dúvida de qual curso devo fazer ao entrar para uma faculdade? Clique e descubra!

Você sabe o que é um médico urologista?

Um urologista é um profissional médico especializado no tratamento de condições médicas que afetam o trato urinário masculino e feminino, e também os órgãos reprodutores masculinos. Os urologistas são uma parte importante do campo da medicina e ajudam a salvar vidas todos os dias, testando, detectando e tratando câncer e doenças da bexiga e do sistema de reprodução.

Os urologistas também realizam cirurgias em pacientes, quando necessário. Os órgãos que os urologistas tratam são os rins, bexiga, uretra, útero e órgãos reprodutivos masculinos. Também existem urologistas que se concentram em uma área específica, e incluem urologia pediátrica, infertilidade masculina e oncologia urológica.

O que o médico urologista faz?

O médico urologista é o responsável por identificar e tratar todos os distúrbios que estão relacionados ao trato urinário, tanto masculino quanto feminino. Pessoas que sofrem com pedras nos rins, desconfortos nas relações sexuais e até mesmo de doenças sexualmente transmissíveis.

Alguns urologistas também são treinados especialmente em cirurgia reconstrutiva e realizam cirurgias de anormalidades genitais presentes no nascimento, além de auxiliarem pacientes que foram feridos em um acidente. Além de urologistas especializados em transplante renal, o que é mais comum do que se pode imaginar.

urologista

Eles diagnosticam condições em pacientes pelo uso de raios-X, fluoroscópios, exames de sangue e urina, ultrassonografias. Os urologistas trabalham em consultórios particulares, hospitais, centros de urologia e clínicas médicas.

A capacidade de se comunicar bem e o desejo de ajudar as pessoas são características positivas que funcionarão bem nessa posição. As habilidades de resolução de problemas e o olho no detalhe também são características importantes para os médicos urologistas, pois muitas vezes são confrontados com emergências médicas que exigem que eles pensem em seus próprios pés e resolvam o problema da melhor maneira possível.

Conheça algumas das subespecialidades de um médico urologista:

  • Andrologia: Analisa a saúde dos genitais do homem, o que inclui a função sexual;
  • Laparoscopia: Realiza exames pouco invasivos para procedimentos cirúrgicos ou de exames;
  • Litíase: Especialidade que trata de cálculos renais;
  • Uroginecologia: Direcionado para o tratamento de doenças que estão relacionadas ao trato urinário feminino;
  • Urooncologia: Direcionado para o tratamento de câncer relacionado ao trato urinário, sem distinção de sexo.

Quais os problemas mais comuns tratados pelo médico urologista?

Como vimos até aqui, o médico urologista pode ajudar seus pacientes em inúmeras situações, confira quais os problemas que levam os pacientes até o consultório de um urologista.

  • Infecções do trato urinário: Ocorrem frequentemente quando as bactérias migram do trato digestivo para a uretra. Os sintomas incluem micção anormal, dor, incontinência, náusea, vômito, febre e calafrios. Afeta principalmente mulheres.
  • Incontinência: Um mau funcionamento do sistema urinário pode levar à perda involuntária do controle da bexiga. Nas mulheres, isso pode resultar de um enfraquecimento dos músculos do assoalho pélvico durante a gravidez.
  • Infertilidade masculina: Pode resultar de danos ao aparelho reprodutor masculino e uma variedade de distúrbios do esperma.
  • Doença renal: danos nos rins podem levar a inchaço nas mãos e tornozelos, pressão alta e outros sintomas. Se os rins não funcionam mais efetivamente, isso é insuficiência renal. Em última análise, pode ser fatal.
  • Transplante renal: uma pessoa pode precisar de transplantes de rim após insuficiência renal.
  • Oncologia urológica: Tratamento de cânceres relacionado ao trato urinário.
  • Prolapso da bexiga: Quando os tecidos e músculos do assoalho pélvico não são mais capazes de sustentar os órgãos da pelve, os órgãos podem cair da posição habitual.
  • Próstata aumentada: A hiperplasia prostática benigna (HPB) afeta cerca de 1 em cada 3 homens com mais de 50 anos. Um crescimento excessivo de células na próstata faz com que a uretra se contraia, levando a problemas com a micção.

Esses são apenas as causas mais comuns de visitas ao médico urologista por parte do paciente, existem ainda outros motivos, que o urologista pode ajudar.

Como se tornar um médico urologista?

Para se tornar um médico urologista, é obrigatório, ter formação médica completa em Medicina, e depois, fazer uma residência (especialização) em Urologia. A graduação em medicina, é uma das mais procuradas e concorridas do Brasil, são 6 anos de formação básica, mais a residência.

A residência são mais 3 anos de dedicação, para que seja possível aprofundar todos os detalhes tratados na urologia, treinamento em clínica especializada, microcirurgia, cirurgia e cistoscopia. Além de outros procedimentos médicos, como: Biopsia, cauterização, urologia geral, entre outros.

No entanto, para iniciar a residência em Urologia, é necessário que os residentes tenham cursado, previamente, uma especialização em cirurgia geral, o que são mais 2 anos de estudos. Logo, o tempo total de estudos para se formar em médico urologista é de 11 anos.

Written by